Marcadores

domingo, fevereiro 14, 2010

Quanto barulho

  1. Nas minhas andanças pela vida, notei que muitas vezes somos arrastados pela correnteza humana.N'alguns casos, demoramos um pouco para entender o que acontece em redor.Hoje mesmo fui confundida com outra pessoa.Além de, desmerecidamente, ter ouvido cobras e lagartos, ainda tive que provar que eu sou eu mesma.Fiquei indignada à princípio, mas não demorou muito para que eu sentisse pena daquelas pessoas, que com muito barulho e gestos tentavam, cada qual, atestar sua razão.Ao fim, quando cada coisa foi posta em seu lugar, recebi alguns tímidos e ressabiados pedidos de desculpa, o que me fez sentir mais pena ainda, daquela gente orgulhosa e desenfreiada que agia com tamanha precipitação.Que Deus tenha piedade dessa gente maluca, que age primeiro para depois pensar.Que primeiro morde e depois sopra.Que tenham um momento de reflexão e encontro com a paz.

2 comentários:

  1. Cada vez mais encontramos exemplos desses, estará toda a gente a perder o bom senso?
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Valéria minha flor, realmente é muito desagradável, passar por tal situação, mas como vc disse dá pena de tais sentimentos que as pessoas sentem, e mais ainda qdo elas não verificam antes te tomarem alguma atitude. Mas aproveito a oportunidade e venho aqui te agradecer as visitas e os carinhosos comentários em meu cantinho, bjsss no seu coração!!!

    ResponderExcluir

As palavras são mágicas,
Com elas, o pranto
Um sorriso de imensa alegria,
Ou mesmo a totaL DESAPROVAÇÃO